06 Passos para ter sucesso com seu Sistema de Gestão de Fazenda

06 Passos para ter sucesso com seu Sistema de Gestão de Fazenda. 

Vamos registrar de forma prática seis passos importantes de como ter sucesso com seu Sistema de Gestão de Fazenda. Para quem está iniciando o controle de uma fazenda por meio de um software de gestão de fazendas  é comum algumas indagações, como as que vamos ver agora.  Por onde devo começar o controle da minha fazenda? – O que preciso lançar sobre meu rebanho? – Qual informação deve ser lançada primeiro? Entre outras questões.

Para início de conversa, só o seu interesse de investir ou mesmo pesquisar sobre  melhores métodos de gerenciar sua fazenda mostra que: “ A força está com você!!”  (By Jornada nas Estrelas)

Então indo direto ao ponto! Temos aqui os  6 Passos para ter sucesso com seu sistema de gestão de fazenda.

Dica 1: Liberte sua mente.

Afinal, a mudança de pensamento é o primeiro passo importante para evoluir a gestão do seu rebanho, tem casos onde o gestor quer dar um passo adiante, mas a mente ainda fica presa a pensamentos do tipo:

“Eu controlo minha fazenda dessa forma a vida toda … e sempre funcionou!”

“…O fluxo de trabalho aqui na fazenda é muito alto por isso não consigo organizar tudo em um software de gestão de fazenda!”

“O encarregado que fica na fazenda não sabe dizer o que aconteceu de forma precisa, por isso está meio desorganizado”

Enquanto sua mente não se destravar destes pensamentos não tem cooperativa, associação, consultoria, ferramentas de gestão ou software que vai te elevar para outro patamar de gestão de fazenda.

O pensamento do gestor não deve estar focado naquilo que o impede de obter um resultado melhor, e sim, na seguinte questão. O que eu preciso fazer para ter sucesso com meu software de gestão de fazenda?

Dica 2: Defina COMO será registrado a informação.

Então, o segundo passo é estabelecer como as  informações serão registradas. Elas podem ser feitas em um caderno, em  fichas, no Excel ou direto no seu Software de gestão de fazendas.

Você também pode mesclar as formas de registro de acordo com a realidade da fazenda. Por exemplo: Se o seu colaborador não tem o interesse, conhecimento ou habilidade necessária para usar o sistema, pode-se fazer o seguinte:

No dia que você estiver na fazenda os lançamentos são feitos direto no seu sistema de gestão, e quando não estiver presente, pode ser utilizado  fichas pré formatadas de coletas, ou então anote tudo em um caderno, mas o importante mesmo, é que tudo seja registrado.

Dica 3: Definir QUEM será o responsável

Vamos refletir um pouco. Você contrataria um soldador que não sabe fazer soldar? Ou então um tratorista que não sabe operar um trator? – Reflita …

Imagino que a maioria dos pecuaristas responderia, Não!  E aquele que cogitar responder um sim, tem que estar ciente que vai ter que oferecer treinamento para depois alcançar bons resultados.

Para gerenciar sua fazenda por meio de um software de gestão de fazenda, não é diferente.

Na prática, necessitamos de pessoas que tenham conhecimento em pecuária e o mínimo de habilidade para operar um computador.  Portanto, a escolha de QUEM  vai lançar as informações é vital para o sucesso do projeto com um software de gestão. Deixar essa tarefa sem um responsável competente, resultará em lançamentos incompletos, o que pode comprometer a informação final.

Dessa forma, este terceiro passo é fundamental para que você realmente perceba resultados utilizando um software de gestão de fazenda.

Dica 4: Definir O QUE será anotado

É importante definir o que será registrado de acordo com a prioridade do negócio. Você não deve acreditar que irá conseguir anotar todas as informações da noite para o dia, esse é um processo que demanda tempo e dedicação, daí a importância de definir quais informações são mais relevantes para o gerenciamento da propriedade.

Vamos imaginar que você tenha que fazer o controle reprodutivo do rebanho. Neste caso, algumas informações são mais relevantes que outras, como lançar as fêmeas (com o máximo de informação possível: Número, nascimento, raça, etc.), lançar seu histórico reprodutivo (Cobertura; Diagnóstico; Partos). Lembre-se de começar sempre da informação mais recente para a mais antiga.

Com estas informações vamos conseguir gerar relatórios para ver quantas fêmeas têm; sua condição em relação ao número de partos (nulíparas, primípara, Secundípara e multíparas), se estão vazias ou prenhas; se estão com coberturas ou diagnósticos pendentes; etc.

Podemos ver então, que para um rebanho com foco de controle reprodutivo, podemos priorizar o cadastro das matrizes e seu histórico reprodutivo, desta forma seu Software de gestão de fazendas já vai gerar muitas informações importantes para o gerenciamento do rebanho e para a tomada de decisão.

Dica 5: Faça por etapas

É muito comum a pessoa dizer o seguinte: “ Agora vou lançar tudo no sistema”… porém, tudo é muita coisa e ao mesmo tempo muito vago.

Por exemplo: alguém te chama para sair no final de semana, quando você pergunta para onde, a resposta que se obtém é, para qualquer lugar. Observe que esta resposta não te ajudará a definir com que roupa vai, quanto tempo vai levar, o quanto de dinheiro vai custar, etc… Dizer que vai lançar tudo no sistema tem um sentido muito parecido.

Quando vamos incluir novas informações no seu software de gestão de fazendas, devemos ter  em mente um plano básico de entrada de dados e entender que é possível ir evoluindo de  acordo com o alcance dos objetivos. A cada etapa concluída, você define uma nova meta para aprimorar os lançamentos, sempre tendo em mente suas prioridades. Lembre-se do exemplo  da dica quatro.

Dica 6: Mantenha a regularidade

Você deve ter dedicação e disciplina com os lançamentos no seu software de gestão de fazendas.

Neste ponto vale destacar que “ falta de tempo, na maioria das vezes, é um argumento de quem não dá prioridade para algo!” Afinal, quando algo é de fato importante, arrumamos tempo.

O que você não quer acreditar, mas que é verdade, se você não der a devida importância à gestão da sua fazenda, seu projeto com um software ou qualquer outra ferramenta de gestão dificilmente terá êxito.

Assim voltamos na dica de número um, enquanto sua mente ainda estiver presa, você não vai conseguir ter bons resultados.

Vamos supor que você lançou o histórico de partos de uma matriz, de agora em diante, você deve manter sempre em dia os registros reprodutivos deste animal, somente assim, vai garantir que a informação implementada não volte a ficar atrasada, caso contrário, toda vez que for extrair uma informação no sistema, vai ter que ficar conferindo se as informações estão atualizada ou se está faltando um período de lançamento. O trabalho de conferir é mais demorado do que o de lançar a informação, e quando isto acontece a maioria acaba terceirizando a responsabilidade do desempenho ruim ao software.

Reflexão: O resultado é proporcional a energia e foco que colocamos no processo! 

Resumo do passo a passo

  1. Liberte sua mente.

  2. Defina  COMO será registrado a informação.

  3. Defina QUEM será o responsável.

  4. Defina O’QUE será anotado.

  5. Faça por etapas.

  6. Seja CONSTANTE.

Agora que você tem um norte, por onde começar a controlar sua fazenda utilizando seu sistema de controle pecuário, é partir para colocar a mão na massa!

Inicie o mais breve possível para que o resultado chegue logo. Tem um ditado que diz que, “devagar se vai ao longe!” Mas quando se trata do controle do seu dinheiro, eu prefiro dizer que, depressa também vai, só que mais rápido. Pare de perder tempo e comece a lançar.

Se você ainda não tem um Software de Gestão Pecuária, baixe o Procreare Plus e transforme a sua gestão agora mesmo: clique aqui

Contato Comercial
Falar com Consultor
1
Bem vindo ao suporte Procreare.
Precisa de ajuda? Fale com o supote!