Software de controle pecuário

Software de controle pecuário, tendência ou realidade.

A revolução provocada pelas novas tecnologia da informação, é uma realidade no dia a dia de pessoas, lojas, bancos, governos e em tudo do que imaginamos, de fato estas mudanças vieram para ficar.

Embora com atraso e um pouco de resistência, em relação aos demais setores, o setor pecuário não está fora disto e já vem se modificando em relação a adoção de software de gestão e equipamentos de manejo cada vez mais tecnológicos.

Para facilitar o processo de gestão do rebanho leiteiro,  produtores, zootecnista e veterinários, precisam estar atento a diversas informações de manejo dos animais, dados zootécnicos e ainda controlar toda parte financeira da propriedade.

Ou seja, o ambiente corporativo do agronegócio, apresenta toda complexidade de uma empresa de qualquer outro segmento (gestão de pessoas, contas, recebimentos) com a agravante de ainda ter que gerenciar o rebanho, geralmente neste último fica concentrada toda a força, e mesmo assim dificuldades são enfrentadas e é por isto que a utilização de software e hardwares com tecnologias modernas são indicados.

Mas ao buscar uma tecnologia para melhorar a gestão pecuária, certifique-se, que:

1: Falta de experiência no setor pecuário : Nos deparamos com muita frequência com empresas que desenvolvem ou que começaram a desenvolver software, se aventurarem no desenvolvimento de sistemas para este mercado, pura e simplesmente porque identificaram a informática no meio rural como um grande filão a ser explorado,  porém o nosso setor possui características próprias que  faz necessário antes de entender de informática conhecer o dia a dia no setor e suas peculiaridades próprias para só então desenvolvermos algum sistema realmente utilizado pelo fazendeiro . Caso contrário os resultados são novos produtos inadequados.

know-how 2: Falta de experiência no setor da informática : Também nos deparamos com novos programadores recém formados, ou aquela situação onde um parente ou amigo do proprietário da fazenda fazia um curso  rápido de informática e se credenciava a desenvolver um sistema que atendesse as necessidades do fazendeiro  em administrar sua propriedades .Os resultados obtidos são produtos pobre em informações e um sentimento de frustração com a informática, sem contar o fato de quando precisar de um suporte, corre-se o risco de não achar mais o desenvolvedor, ou mesmo, o risco de perder todo o trabalho por não ter um “responsável” a quem recorrer.

A informática faz uma fazenda ficar bem organizada errado a Boa Organização precede o uso da informática se ela não existir não haverá base para levantamento de dados e consequentemente não haverá informações confiáveis

Outras perguntas que devem ser feitas:

A informática faz uma fazenda ficar bem organizada?

Na prática uma boa Organização precede o uso da informática se ela não existir não haverá base para levantamento de dados e consequentemente não haverá informações confiáveis. Processos bem definidos juntamente com profissionais empenhados e comprometidos. Pois não adianta você ter um sistema de controle pecuário se você não lança os dados nele, ou se seu processo é falho e você se perde nele.

Com a informática reduzo meus funcionários?

Não necessariamente, haverá de existir uma pessoa  designada para digitar os dados no dia a dia da propriedade e poderá até acontecer de justificar a contratação de um novo funcionário, pois a implantação de um sistema de controle pecuário ou de tecnologias para pecuária, não pode ficar focada somente na diminuição da mão de obra, mas em: resultados mais apurados, rentabilidade, precisão de análise, aumento na velocidade produtiva, acompanhamento de desempenho, levantamento de custos, etc. Estes resultados acontecendo, está justificado a manutenção ou até mesmo a contratação de um novo profissional.

Com a informática elimino a papelada?

Sem sombra de dúvida, esta informação está correta, porém devemos tomar cuidados, pois a facilidade de se gerar relatórios e obter informações poderá ter como resultado um acréscimo de papel no dia a dia para aqueles que saem imprimindo tudo que vê na tela do sistema, vale lembrar que sistemas de controle pecuários tem em suas primícias o armazenamento das informações estratégicas, sendo assim quando precisar é só tirar novo relatório.

Para minha propriedade apenas um programa sob medida serviria?

Não necessariamente actividades rotineiras como a vacinação do gado , compra e venda de animais e praticamente todas as atividades da fazenda são atividades rotineiras ou fáceis de serem mapeadas ,e consequentemente podem ser inseridas em um  sistema .Talvez o que precise seja um bom software de prateleira para se adequar a sua situação.

A boa notícia é que cada vez mais os empresários do setor pecuário, seja ele grande médio ou pequeno produtor, estão entendendo que mais que uma tendência, status ou modismo software para gestão pecuária é uma questão de sobrevivência, e por isto estão rapidamente se adequando às novas metodologias de trabalho pois seus benefícios são muitos. E como diz um velho ditado “ O boi engorda com o olho do dono e Quem chega primeiro bebe água limpa”

Veja também o artigo como escolher um software, clique aqui!