Pecuária extensiva e intensiva

Pecuária extensiva e intensiva

As principais diferenças entre pecuária extensiva e intensiva está na área de ocupação e na tecnologia que é aplicada.

A pecuária, no sentido mais abrangente da palavra, consiste na criação de animais para a comercialização, para a obtenção de matérias-primas, como a carne, o couro, a lã entre outras finalidades. Assim, qualquer atividade que envolva a domesticação e tratamento de animais criados em coletivo para fins comerciais é considerada atividade pecuária.

Para trabalhar com pecuária podemos utilizar diferentes métodos de realização dessa atividade, e os mais praticados são: o extensivo e o intensivo.

A pecuária extensiva:

Consiste na criação a pasto, geralmente sem grandes investimentos e com a ocupação de grandes áreas, podendo ser realizada tanto em grandes latifúndios quanto em pequenas áreas familiares. É o cultivo do gado solto, com certa liberdade, considerado ideal para o chamado “gado de corte”.

O Gado de Corte é aquele que melhor se adequa a Pecuária Extensiva justamente porque geralmente precisa de mais liberdade e espaço. Além de a Pecuária Extensiva ser mais econômica que o confinamento, mas isto não significa que a pecuária extensiva, não seja necessário alguns cuidados, tais como: suplementação mineral, pois um dos problemas enfrentados na Pecuária Extensiva é que as forragens não têm todos os minerais necessários para a nutrição animal. Para suprir essa precariedade, é necessário fornecer sal mineral para o gado.

A Pecuária Extensiva também acontece para o Gado de Leite. Porém, diferentemente do Gado de Corte, esses exemplares precisam de um cuidado mais criterioso do que minerais. A alimentação do gado leiteiro está diretamente relacionada com sua produção. Por isso, é necessário que as raças destinadas à produção se alimentam de rações especiais.

Uma boa dica para aliar a Pecuária Extensiva com a produção de leite é deixar o gado de leite solto a pasto e na hora da ordenha alimentar esses animais com rações suplementadas. A produção leiteira aumentará de forma exponencial. Mas para isso, é necessário que o manejo também seja feito de forma consciente.

Outra dica importante para o Gado de Leite é em relação à Genética Bovina. Muitas pessoas acreditam que a Genética está apenas relacionada a manipulações laboratoriais. Porém, a genética também acontece a partir da seleção dos melhores exemplares, pois dessa forma, o rebanho ficará mais qualificado.

Outro cuidado que é essencial tanto na Pecuária Leiteira quanto Pecuária de Corte são as condições das cercas e do pasto. É essencial que as cercas estejam em boas condições para não lesionar os animais, além do gramado, que deve conter curvas de nível, evitando erosões e impasses no pasto.

No Brasil, ela responde por grande parte de toda a atividade agropecuária realizada.

As principais vantagens da pecuária extensiva é a baixa necessidade de investimentos, embora ainda existam gastos com reposição mineral e suplementação, a depender do tipo de animal que está sendo cultivado. Já as desvantagens são a necessidade de ocupação de grandes áreas, o que pode gerar problemas ambientais, a disponibilidade de pasto e a carência que a alimentação do gado nesse tipo de criação possui.

A pecuária intensiva:

É considerada mais moderna e consiste no cultivo de animais pelo confinamento e adoção de procedimentos tecnológicos, incluindo manipulação genética, inseminação artificial, entre outras estratégias de produção.

A principal desvantagem da pecuária intensiva são os elevados custos de produção e a baixa necessidade de mão de obra (baixa geração de empregos), que deve ser especializada. Já entre as vantagens, podemos citar o aumento da produtividade e a ocupação de pequenos espaços. Na pecuária intensiva, a produção conta com uma maior modernização e confinamento.

Pecuária semi-extensiva:

É o sistema de criação de gado à solta, porém com alguns cuidados quanto  à seleção e ao aprimoramento do rebanho. Não existe um padrão de atuação para o modelo de pecuária semi-extensiva e na prática é um mescla da pecuária extensiva com a pecuária intensiva em alguma proporção.